Dica Bibliografica

#dicabibliografica Em A Ilha Sob o Mar, Isabel Allende, a escritora de língua espanhola mais lida no mundo, mostra mais uma vez seu talento excepcional para contar histórias, compondo, sob o olhar de Zarité, em sua incansável busca pela liberdade, um retrato sensível de um dos eventos mais abomináveis da história da humanidade: a escravidão.


#gtrerad#febab#dicabibliografica#biblioteconomia#raça



#Pracegover#Pratodomundover#paratodosverem. Cartaz de fundo rosa. No canto superior direito, logo do #dicabibliográfica e RERAD. Ao centro, em destaque, capa de um livro composta pelo desenho do busto negrro de uma jovem mulher com os cabelos crespos soltos e esvoaçantes, enfeitado com duas presilhas imitando libélulas; sobre o busto está escrito “Isabel Allende”, na cor laranja em texto sobreposto, abaixo está escrito “A ilha sob o mar”, em letra cursiva azul e, na parte inferior da capa a logo da editora. Embaixo da capa, entre aspas grandes e coloridas, o texto “Os tambores em semicírculo chamavam, tom tom tom. [...] Boukman tomou a palavra para invocar o deus supremo, Papa Bondye, e pedir a ele que os levasse à vitória. “Escute a voz da liberdade, que canta em nossos corações!” Isabel Allende”. Na parte inferior esquerda do cartaz o logo da FEBAB.

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo