Comissão Brasileira de Bibliotecas  Escolares CBBE

A Comissão Brasileira de Bibliotecas Escolares (CBBE) está trabalhando com as seguintes premissas iniciais para contextualizar a discussão em torno das bibliotecas escolares brasileiras:

 

 

 

  1. Qualificar as situações de uso da biblioteca escolar e garantir a oportunidade dos estudantes de exercer seu direito à leitura das diferentes estruturas textuais e nos mais variados suportes informacionais observando a natureza dos diferentes segmentos de ensino: educação infantil; ensino fundamental/anos iniciais; ensino fundamental / anos finais; ensino médio e educação de jovens e adultos;

 

  1. Situar as possibilidades de implementação da legislação vigente a partir da Lei 12.244, que dispõe sobre a obrigatoriedade de bibliotecas escolares nas instituições de ensino, públicas e privadas brasileiras situando as obrigações das instâncias federativas: federal, estadual e municipal;

  2.  Considerar recomendações da Resolução CFB N. 199/2018, publicada no Diário Oficial da União em 13/07/2018, que dispõe sobre os parâmetros a serem adotados na estruturação e funcionamento das bibliotecas escolares, considerado o disposto nos itens anteriores;

  3. As diferentes dimensões técnicas e pedagógicas existentes no contexto da escola e da biblioteca para a construção de um referencial que articule a inserção de crianças, jovens e adultos na cultura escrita por meio da leitura e da pesquisa;

  4. O corpo técnico e pedagógico da escola e da biblioteca;

  5. A necessidade de formação continuada desse corpo técnico.

 

Composição

Maria das Graças Castro

Presidente

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Goiás (1983), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Goiás (1998) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Goiás (2018). Atualmente é professora Adjunta da Universidade Federal de Goiás; Ex-Diretora da Editora UFG no período de 2006 a 2013 e professora da Faculdade de Informação e Comunicação. Votante do Prêmio para a produção editorial brasileira na área infantil e juvenil da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Recebeu o prêmio Retratos da Leitura/2019, na categoria Bibliotecas, pelas ações de mediação e formação de leitura realizadas no Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (LIBRIS). Área de Atuação: Educação e produção do conhecimento; livro, leitura, literatura e biblioteca; Mercado editorial; processos editoriais.

Carla Floriana Martins

Apaixonada por tecnologias que promovam todas as formas de leitura, literaturas e linguagens! Bibliotecária (UFMG) | Mestre em Engenharia de Produção (UFMG) no eixo Estudos Sociais do Trabalho, da Tecnologia e da Expertise |MBA em Tecnologias da Informação e Comunicação para Escolas (PUCRS) | MBA em Gestão Educacional (UCB). Conselheira no Conselho Regional de Biblioteconomia 6ª Região (CRB 6), 18ª gestão|. Membro do Grupo de Trabalho sobre bibliotecas Escolares (ABMG) | Pesquisadora em Ciência Tecnologia e Sociedade (CTS) | Sócia proprietária em Praxis Softwares Gerenciais | Diretora em Escolha Certa Educacional | Prêmio Internacional Da Vinci Huis (Holanda) - IASL (EUA) Award Brasil para Bibliotecários que desenvolvem trabalhos inovadores em biblioteconomia escolar (http://st-dvh.org/dvh-iasl-award-brasi.html).

Cássia Oliveira

Graduação em Biblioteconomia pela Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade Federal de Goiás (2008), especialização em Cinema e Educação pelo Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás (2010) e mestrado em Arte e Cultura Visual pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (2018). Atuou durante quatro anos em uma biblioteca escolar desenvolvendo ações e projetos vinculados a organização e rotina informacional, além da formação de leitura a partir do uso de recursos visuais e orais como fotografia, leitura, teatro e artes visuais. Trabalhou nos três anos seguintes como professora de Arte e contadora de histórias para Educação Infantil e Ensino Fundamental. Desenvolveu, durante o mestrado, uma pesquisa em torno dos saberes e narrativas populares ocupando o espaço escolar e integrando o currículo oficial de ensino. Atualmente trabalha como professora substituta na Faculdade de Informação e Comunicação no curso de Biblioteconomia.

Estela Maris Ferreira

Bacharel em Biblioteconomia e Ciência da informação (UFSCar). Especialista em sistema Marc 21 para formato bibliográfico em 12 idiomas, software Aleph 20.1, design thinking, diagnóstico e planejamento de bibliotecas escolares, marketing digital, gestão de eventos, leitura Infantil e formação do leitor literário. Consultora e assessora ministrando workshops sobre bibliotecas escolares (Estela Maris Assessoria e Eventos, CNPJ 36.659.853/0001-87), membro efetivo do ENBIESP, facilitadora credenciada Somos Mais Educação - Franklin Covey Brasil, biblioteca modelo (curso de Biblioteconomia UFSCar) e bibliotecária chefe Colégio Anglo São Carlos.

Gleise Pereira

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1989), mestrado em Tecnologia Educacional - Universidad de Salamanca (1993) e doutorado pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente é professora da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: formação docente, educação e comunicação, ensino virtual, ensino aprendizagem e tecnologias educacionais.

Murillo de Melo Macêdo

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília, com especialização em Gestão de Projetos pela Universidade Católica de Brasília, graduou-se em Biblioteconomia na Universidade Federal de Goiás. Atuou por mais de 15 anos em biblioteca escolar, contribuindo para o processo de aprendizagem de crianças e jovens no contexto da educação básica. Atualmente, atua como Analista Educacional Sênior no escritório corporativo do Marista Centro-Norte.

 

Leituras Recomendadas

Espaço destinado a divulgação de textos e outros materiais, em meio digital, que contribuam com a educação continuada dos profissionais.