Diversidade_e_Enfoque_de_Gênero1_Transp

O Grupo de Trabalho de Bibliotecas pela Diversidade e Enfoque de Gênero nasce da necessidade de se discutir as questões de diversidade sexual e identidade de gênero no âmbito da Biblioteconomia e Ciência da Informação brasileira.

Criado em setembro de 2019, o grupo visa discutir:

  • Como a biblioteca pode auxiliar pessoas LGBTQIA+, em principal as que estão em situação de vulnerabilidade social?

  • Como o bibliotecário pode atuar para conscientizar tanto a equipe, quanto a comunidade em que está inserida em relação aos LGBTQIA+ e o impacto negativo dos estereótipos de gênero?

  • Como o acervo pode ajudar na desmistificação dos estereótipos de gênero?

  • Quais as melhores ações a serem implementadas, visando cumprir as questões anteriores?

 

Tendo estes 4 pontos em vista, o grupo objetiva então:

  1. Criar um documento norteador de ações e orientações de atendimento baseadas nas leis vigentes nos níveis municipal, estadual e federal;

  2. Compilar todas as ações e experiências promovidas pelas bibliotecas em todo o Brasil em um documento para publicação;

  3. Criar bibliografia básica de literatura LGBTQIA+ e Vocabulário Controlado especializado;

  4. Realizar relatórios anuais para consulta pública para entender a relação da comunidade com a biblioteca, especialmente a biblioteca pública;

  5. Promover palestras, cursos e ações voluntárias em conjunto as associações estaduais filiadas à FEBAB, escolas de biblioteconomia e ONGs.

 
Lápis azul

Composição

Vicente Santos Gonçalves

Coordenador

Bachael em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela FaBCI/FESPSP em 2017 e técnico multimídia pelo SENAC em 2014, atualmente faz pós-graduação em Comunicação e Marketing Digital pela Faculdade Estratego e graduação em Desenvolvimento de Software Multiplataforma pela FATEC Zona Leste, atua como consultor na Entre Estantes Consultoria, prestando serviço para empresas e bibliotecas. Além disto, é coordenador de Comunicação e Tecnologia no grupo Infoco na Biblio, tendo realizado o evento [RE]Pense em 2018 e 2019 e editor do Podcast Foca na Info. É ativista da causa LGBTQIA+, voltado principalmente para Visibilidade Transmasculina e Pansexual.

Marcus Aloisio

Bacharel em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela FESPSP. Desenvolve trabalhos nos eixos culturais com ênfase em artes visuais e diversidades sexual e de gênero. Atua como Auxiliar de documentação técnica no SENAC SP e fez parte do grupo: Cultura de paz, inclusão e diversidade, auxiliando na tomada de decisões para realização de eventos de conscientização e assumiu a coordenação do grupo de Inclusão e diversidade em 2020. Além da atuação nos grupos formais, realizou projetos culturais de incentivo à leitura e conscientização social por meio de palestras, workshops e oficinas que coordenou e ministrou no SENAC Largo 13 e Lapa Faustolo, FESPSP e CBBD. Em parceria com o Museu da Diversidade Sexual incluiu a mostra Moda e diversidade no evento Casa aberta do SENAC SP, prorrogando-se para utilização em ações educativas com os alunos do curso de aprendizagem profissional. Trabalhou voluntariamente para a ONG Amapô, voltada à promoção dos direitos humanos para a comunidade LGBTQIA+, com trabalho de curadoria e definição da identidade visual de materiais gráficos. Faz parte do grupo InFoco na Biblio atuando no GT Profissão, Advocacy e Política, contribuindo com estratégias de inclusão nas bibliotecas e enfatizando a importância da arte.

 
LeitRec08.jpg

Leituras Recomendadas

Espaço destinado à divulgação de textos e outros materiais, em meio digital, que contribuam com a educação continuada dos profissionais.

Atividades