Leituras Recomendadas

dim GT

Espaço destinado a divulgação de textos e outros materiais, em meio digital

Padrão Banana

Todos Temas

Lupa.png
arrow&v
voltar

ensino, formação

Barco em um lago

Competência em Informação na educação profissional: relato de experiência do II Faróis de Alexandria do IFCE, Campus Cedro

Carlos Robson Souza da Silva

A formação de trabalhadores deve levar em conta a proliferação de informações por meio dos mais variados meios e tecnologias existentes na atualidade, sendo necessária a inclusão da Competência em Informação no contexto da Educação Profissional. O presente trabalho trata-se de um relato de experiência da segunda edição do evento Faróis de Alexandria, realizada em 2018, que possuiu como tema “Competência em Informação na Educação Profissional”. Tem como objetivo geral: Discutir o papel da Competência em Informação na Educação Profissional. Aborda os conceitos de Trabalho, Educação e Competência em Informação, assim como inter-relaciona Competência em Informação e Educação Profissional. Relata as experiências das rodas de conversa e oficinas realizadas II Faróis de Alexandria “Competência em Informação na Educação Profissional”, no IFCE, campus Cedro. Conclui que as atividades do II Faróis de Alexandria apontam para a necessidade de inclusão efetiva da Competência em Informação no currículo dos cursos de Educação Profissional, e também para a criação e execução de ações que, seja por meio da intervenção em sala de aula, por meio da continuidade do evento ou pela interação biblioteca-docentes-alunos, possam trazer ao dos estudantes reflexões e práticas que desemboquem em uma educação efetiva para a informação.

Competência Informação

padrões, modelos, programas, práticas, critérios, abordagens

Barco em um lago

CONTRIBUIÇÕES DOS ESTUDOS ACERCA DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO PARA A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO ENANCIB ENTRE 2015 A 2019

Marta Leandro da Mata

Competência Informação

cidadania, empoderamento, aprendizado ao longo da vida, inclusão social e digital

Barco em um lago

A mediação da informação no resgate da visibilidade e dignidade dos vulneráveis: o caso das pessoas em situação de rua

Tânia Regina de Brito;
Regina Célia Baptista Belluzzo;
Oswaldo Francisco de Almeida Junior

A mediação da informação é abordada sob a perspectiva da vulnerabilidade social, considerando-se como sujeitos informacionais as pessoas em situação de rua. Questiona-se se tal população, ainda que não tenha as suas necessidades básicas atendidas pelo governo, terá a sua voz ouvida por profissionais da informação. Assim, tem como objetivo refletir acerca da mediação da informação enquanto promotora no resgate da cidadania e dignidade das pessoas vulneráveis, num ambiente de bibliotecas públicas. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa, a partir de pesquisa bibliográfica realizada em catálogos de bibliotecas universitárias e do Portal de Periódicos da Capes, envolvendo temáticas, como: mediação da informação, vulnerabilidade social, pessoas em situação de rua, competência em informação e biblioteca pública. Entendida como um processo que, junto com a competência em informação, tem potencial transformador para munir as pessoas para o empoderamento informacional, podendo minimizar a condição de miséria e, sobretudo, as múltiplas vulnerabilidades a que são expostas. Compreende-se que os profissionais da informação de bibliotecas públicas são mediadorescapazes de contribuir para que aos vulneráveis, que recorrem a esses espaços, possam dar voz às suas necessidades informacionais, possibilitando-lhes, assim, mesmo que por um curto período e por motivos diversos, viver o sedentarismo que não conseguem. Emespaços como a biblioteca pública, a presença da mediação da informação contribui para o avanço de uma sociedade com habilidades informacionais, a fim de formar cidadãos mais críticos e cônscios de sua importância no mundo

Competência Informação

mídia, tecnologias

Barco em um lago

Sociedade hiperconectada, redes, mitos e competências: uma nova mediação de cidadania

Regina Célia Baptista Belluzzo (Org.);
Vânia Cristina Pires Nogueira Valente (Org.)

O livro apresenta "[...] as múltiplas dimensões desta sociedade hiperconectada em redes complexas, que afetam todas as dimensões de cada pessoa e da sociedade como um todo. Mostra os avanços, mas também alguns mitos e contradições".

Competência Informação

cidadania, empoderamento, aprendizado ao longo da vida, inclusão social e digital

Barco em um lago

Competência crítica em informação: teoria, consciência e práxis

Arthur Coelho Bezerra (Org.);
Marco Schneider (Org.)

Sendo este um primeiro esforço de apresentar o estado da arte das pesquisas e práticas de competência crítica em informação que vêm sendo desenvolvidas no Brasil, convidamos para participar deste livro um grupo de autoras e autores residentes em quatro das cinco regiões do país (Norte, Nordeste, Sul e Sudeste), além de alguns participantes dos dois grupos de pesquisa anteriormente citados (Escritos e Perfil-i), ambos com linhas temáticas especificamente dedicadas aos estudos de competência crítica em informação. O resultado é uma seleção de 15 capítulos que refletem a amplitude das atuais abordagens em CCI, sendo o último, em inglês, assinado pelo norte-americano James Elmborg, um dos autores mais referenciados no Brasil dentre os pioneiros da critical information literacy.

Competência Informação

ensino, formação

Barco em um lago

Modelos e critérios para avaliação da qualidade de fontes de informação: uma revisão sistemática de literatura

Frederico Giffoni Dutra;
Ricardo Rodrigues Barbosa

O artigo relata os resultados de uma revisão sistemática da literatura sobre critérios utilizados para avaliação da qualidade de fontes de informação. Foi realizada pesquisa bibliográfica em três idiomas (português, espanhol e inglês) para se analisar a produção científica sobre conceitos relativos à fontes de informação e qualidade da informação, bem como os critérios utilizados para sua avaliação. Após pesquisa em artigos e demais publicações no período de 1974 a 2016, os resultados apontam a existência de 73 modelos. Foram também identificados os critérios mais frequentemente citados. Constatou-se a existência de 106 termos distintos, destacando-se os seguintes: precisão/acurácia das informações, atualização das informações, design/layout, confiabilidade e completude das informações, relevância/importância.

Competência Informação

padrões, modelos, programas, práticas, critérios, abordagens

Barco em um lago

Formação do bibliotecário brasileiro no contexto da competência em dados

Marcelle Costal;
Marianna Zattar;
Luana Sales

Propõe estudar a formação dos bibliotecários na graduação em nível nacional nos aspectos relacionados à competência em informação e à gestão de dados de pesquisa. Para tal, serão abordados no referencial teórico a relação entre a competência em informação e a competência em dados de pesquisa. Utiliza como procedimento metodológico uma abordagem qualitativa, realizada a partir de um método exploratório e descritivo. Apresenta a coleta de dados elaborada em buscas no site do Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior (eMEC) para verificação dos cursos de Biblioteconomia, que em suas ementas, promovem o uso da competência em informação relacionada aos processos da gestão de dados de pesquisa. Apresenta como principais resultados que a competência em informação e a gestão de dados de pesquisa são temas incipientes na formação inicial do bibliotecário brasileiro. Conclui que a competência em dados, um ramo da competência em informação, no ensino de graduação, pode projetar as práticas biblioteconômicas para atender as necessidades dos pesquisadores quanto às etapas que envolvem a gestão de dados de pesquisa.

Competência Informação

ensino, formação

Barco em um lago

Competência em informação do profissional da saúde

Andréa Cristina Bogado;
Helen Castro Silva Casarin

Competência Informação

bibliotecas, bibliotecários, arquivistas

Barco em um lago

Competência em informação para atuação política e social na Biblioteconomia e Ciência da Informação: uma análise da produção científica produzida por mulheres sobre o tema

Priscila Rufino Fevrier;
Dirnéle Carneiro Garcez

Este trabalho busca delinear o que tem sido produzido sobre a competência em informação para atuação política e social bibliotecária. Trata-se de um trabalho de revisão bibliográfica e descritiva cuja coleta de dados foi realizada na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI). Como resultados, apresenta as principais autoras que produziram sobre a competência em informação para a atuação bibliotecária. Os dados inferem que as mulheres podem ser consideradas a maioria das estudiosas do campo no Brasil, conforme dados coletados na BRAPCI.

Competência Informação